7 receitas caseiras para seus dentes voltarem a ficar branquinhos, e o que é melhor: de graça


Dentistas são insubstituíveis para quase tudo: cáries, obturações, coroas, pontes, dentaduras, aparelhos ortodônticos… e por aí vai. Mas quando o assunto é branquear os dentes, algumas receitas caseiras do tempo das nossas avós são tão eficazes – e infinitamente menos caras – do que os tratamentos modernos que custam o salário de um mês inteiro! Nesse post você vai aprender 7 receitas caseira pra deixar seus dentes branquinhos, branquinhos
Etapa 1 – Saber se não tem nenhum outro problema

A primeira etapa é ir ao dentista, por via das dúvidas. « Mas como assim? Se é pra ir ao dentista do que adianta aprender esse tratamento caseiro? » você talvez vai se perguntar. A resposta é simples: estas receitas caseiras, apesar de eficazes, não eliminam a necessidade de ir ao dentista ver se está tudo bem com seus dentes. Vai que a cor amarela não é o único problema? Pelo sim, pelo não, melhor ir! E se estiver tudo OK e que você quiser ficar com dentes branquinhos novamente, aí sim uma destas 7 receitas será sob medida pra você, pois vai evitar de você gastar uma fortuna em tratamentos tradicionais. Sabe como? Com bicarbonato de sódio e papel alumínio! Com estes dois « ingredientes » você consegue resultados incríveis com apenas meia hora por dia! Clique no botão « Próxima » logo abaixo para ir para a próxima página e descubra a primeira receita…


Receita 1 – Bicarbonato de sódio e papel alumínio
Você vai ter de repetir a operação algumas vezes. Os primeiros resultados costumam aparecer ao final da primeira semana mas, para pessoas com os dentes um pouco mais escurecido, os primeiros sinais do clareamento podem demorar alguns dias mais. É recomendado utilizar pastas de dentesconhecidas como Oral-B, Colgate ou Sensodyne. Dobre uma folha de alumínio de forma que dique do tamanho de seus dentes. Faça, então, uma mistura com pasta de dentes, 1/8 de colher de chá de sal e 1/4 de colher de chá de bicarbonato de sódio. Espalhe a mistura sobre o alumínio e aplique sobre os dentes. Use o alumínio para “embrulhar” os dentes, de forma que a pasta consiga cobrir a maior região possível. Depois de uma hora pode retirar. Escove bem os dentes e enxágue a boca para remover a mistura.
Receita 2 – Morango
Prepare uma mistura de morango com bicarbonato de sódio, até que fique uma massa bem pastosa. Os dois vão atuar como agentes branqueadores naturais. Basta amassar a fruta e misturar com o bicarbonato, e em seguida aplicá-los nos dentes. Deixe agir durante uns 20 minutos antes de enxaguar. Depois, espere mais uma meia hora e escove os dentes normalmente, com pasta de dente normal. Atenção: não abuse do uso dessa receita (se possível, use-a uma vez por semana ou de quinze em quinze dias) pra evitar de gastar o esmalte dos dentes.
Receita 3 – Gengibre e óleo essencial de menta
Essa mistura, também conhecida como « mistura poderosa », deve ser acrescentada à pasta de escovação todas as vezes em que você for escovar os dentes: faça uma mistura com 1/4 de colher de chá de gengibre em pó + 1/2 colher de sal + 3 gotas de óleo essencial de menta. Essa « poção » deve ser guardada num pote tampado ao abrigo da luz. Todas as vezes em que escovar os dentes, molhe a escova, passe a pasta e em seguida a mistura (misturando na boca a pasta e a mistura) escovando bem. Depois é só enxaguar normalmente.
Receita 4 – Casca de laranja
Esfregue os dentes com a parte interna de uma casca de laranja durante aproximadamente 45 segundos. A parte branca da laranja, localizada entre a casca e os gomos (e chamada mesocarpo) contém substâncias capazes de clarear os dentes. Meia hora depois de ter esfregado a casca de laranja dos dentes, escove os dentes.
Receita 5 – Carvão
Basta esfregar os dentes com um pequeno pedaço da substância carbonizada e, em seguida, realizar uma caprichada escovação para eliminar os resíduos. Esfregue delicadamente por cerca de 30 segundos a 1 minuto. Cuidado para não escovar as gengivas. Lavar com água, em seguida, escovar com creme dental como normal.
Receita 6 – Água oxigenada
Uma outra receita que circula bastante pela internet é a da água oxigenada: misture duas colheres de sopa de água oxigenada (volume 10) com uma colher de sopa de água. Embeba um pequeno algodão nessa mistura e esfregue-o suavemente sobre os dentes manchados. Enxágue com muita água. Mas é preciso tomar certos cuidados, não é só sair passando água oxigenada nos dentes sem saber como é que a coisa funciona. A dentista Kamila Godoy diz em seu site: « a água oxigenada, que é a solução aquosa do peróxido de hidrogênio está entre os componentes do gel clareador utilizado nos clareamentos profissionais. Esse gel, porém, contém diversas outras substâncias estabilizadoras e tamponantes que tornam o produto final estável e com potencial hidrogeniônico (pH) aceitável para a flora oral. A água oxigenada pura, por sua vez, se usada com exagero pode alterar o pH oral, causando lesões, agravando inflamações e manchando os dentes.
Receita 7 – Levedura de cerveja
Faça uma pasta homogênea com 1 colher de sopa de levedura de cerveja, 2 colheres de chá de sal e um pouco de água. Escove os dentes com essa pasta como se fosse um creme dental.


Você também vai gostar:

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*