O corpo deste menino de 2 anos está completamente coberto de feridas vermelhas. O que os médicos descobrem depois, é simplesmente horrível.


É uma visão horrível: Jasper Allen, um menino de 2 anos de Cambridgeshire, na Inglaterra, está completamente coberto de feridas vermelhas. A mãe dele, Sarah, teve um pedido de consulta negado na clínica geral de onde mora porque a recepcionista não achou que a condição do menino fosse grave o suficiente para a visita. As fotos que Sarah tirou contam uma história completamente diferente.

c946eeb97a63947f960035698f1d9321

Facebook/Rajah Murugaiah

As feridas, que coçavam muito, ficaram severamente infectadas, e dois dias depois de ter sido rejeitada pela clínica, Sarah decide levar Jasper para a emergência, pois a saúde do menino está piorando. No hospital, Sarah foi informada que seu filho tinha “o pior caso de catapora já visto”. A situação era tão ruim, que os médicos consideraram entrar em contato com os jornais médicos, já que eles nunca haviam visto um caso tão extremo.

d83e42de0dfded12df6760f4d3035730

Facebook/Rajah Murugaiah

Lá, ele foi rapidamente internado na área pediátrica onde passou cinco dias no hospital tomando soro, medicamento antiviral, antibióticos e morfina. O quadro dele logo se estabilizou.

 95f68f80145c47bdb0f5f4e1b7b1c003

Facebook/Rajah Murugaiah


A vacina contra catapora não faz parte da rotina de imunização infantil do Serviço Nacional de Saúde na Inglaterra, então ela não está automaticamente disponível para todas as crianças. Todos os filhos de Sarah haviam sido imunizados para outras doenças, mas isso era algo que nunca havia passado pela cabeça dela, imunizá-los contra catapora em uma clínica particular. Ela jamais imaginou o preço que teria que pagar por isso.

Agora Sarah está pedindo ao governo que faça com que esta vacina seja grátis para todos (até o momento ela só está disponível para certas crianças por razões médicas). “Isso não deveria ter afetado um menino de 2 anos saudável como afetou. Imagine como afetaria uma criança com o sistema imunológico comprometido.” Quase todas as crianças que Sarah teve sob seus cuidados quando ela tinha uma creche, haviam tido catapora em algum momento, mas nunca desse jeito.1dfac859e6f2e424398585121980ca90

Facebook/Rajah Murugaiah

Na Inglaterra, a vacina visa proteger as pessoas com risco de doenças graves. Por isso, ela é recomendada para crianças que tenham familiares que estejam passando por tratamentos médicos como quimioterapia, que pode afetar a imunidade. Especialistas já avisaram sobre os riscos há muito tempo, mas as normas de vacinação apenas começaram a ser revistas novamente. Mesmo que a catapora seja relativamente inofensiva, sempre há risco de um surto grave. Por esta razão, Sarah e seu marido ainda estão abismados que o risco seja tão subestimado e que a condição médica de Jasper tenha sido conduzida tão equivocadamente pela clínica, mesmo que a família agora já possa sorrir aliviada.

60e2dac40894073923df03007cb70b79

Facebook/Rajah Murugaiah

Enquanto isso, Sarah está satisfeita de que o seu menino tenha lutado tão bravamente: “É pior quando é com um filho seu porque tudo o que você deseja é tirar a dor deles, isso partiu o meu coração.” Sarah quer que os pais confiem em seus instintos quando se trata da saúde de seus filhos. Jasper ainda é examinado regularmente para eliminar qualquer possibilidade de seu corpo ter sofrido algum dano permanente. Felizmente, parece que ele teve uma recuperação completa.


Você também vai gostar:

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*