A PLANTA CONSIDERADA UMA ERVA DANINHA MAS QUE DEVERIA SE USADA TODOS OS DIAS


A beldroega é uma planta que erroneamente é considerada somente umas erva daninha, mas, de fato, possui um grande número de propriedades. Esta planta tem folhas pequenas e carnudas em forma oval de cor verde-esmeralda brilhante. As ramificações têm uma cor que varia do marrom ao roxo e são também particularmente carnudas. s beldroega cresce rastejando no chão e se comporta da mesma maneira que uma erva daninha comum. Cresce selvagem em todos os países com um clima quente. Provavelmente tém origem asiática e justamente no continente asiático suas propriedades curativas são exploradas desde os tempos antigos. Suas folhas contêm uma elevada percentagem de ômega-3, vitaminas e minerais.

O nome científico da beldroega é portulaca e foi concebido por Linnaeus, o pai de classificação moderna dos organismos vivos. Portula em latim significa pequena porta e refere-se à maneira pela qual esta planta faz brotar suas flores amarelas na primavera. A beldroega pode ser usada como uma planta medicinal. Especialmente é explorada pelo seu alto teor de ômega-3, uma substância conhecida e apreciada pela sua eficácia na resolução de problemas cardiovascular


Ajuda a ajustar o equilíbrio entre o chamado colesterol bom e aquele ruim, melhorando consequentemente a circulação sanguínea. Apenas 100 gramas de beldroegas contêm 350 miligramas de ácido linoleico, mais conhecido como ômega-3. Esta planta também é rica em vitamina A, C e vitaminas do grupo B. É diurética, purificadora, anti-hemorrágica e também possui efeitos analgésicos.

Os seus ingredientes ativos são utilizados para tratar a diarreia e vómito e também na prevenção do aparecimento de hemorróidas. Se a planta for esfregada diretamente sobre as picadas de insetos, alivia a coceira e a dor se esta for presente. A beldroega é um bom aliado no tratamento contra a acne: diminui a sua formação e, a longo prazo, resolve o problema de forma eficaz.

A beldroega pode ser usada também na cozinha. A planta inteira é comestível: das raízes até as folhas. Pode ser consumido tanto crua em saladas ou cozida. A folha é rica de mucilagem que lhe confere um sabor azedo e salgado. Temperada com o limão é saborosa e rica de substâncias preciosas para a saúde.

É perfeita a combinação com tomates e pepinos seja do ponto de vista do sabor que das vitaminas e nutrientes. É uma planta ideal para enriquecer as sopas quentes, mas também para preparar excelentes molhos para massas. Pode, de fato substituir o espinafre para preparar diferentes tipos de molhos vegetais, rolos de carne e pratos saborosos.


Você também vai gostar: