4 hábitos comuns que estão estragando a sua pele sem você saber



Você é o tipo de pessoa que costuma se alimentar bem, praticar exercícios, ter uma boa noite de sono e mesmo assim percebe que sua pele anda desgastada?

Se não for por falta de protetor solar, talvez seja alguns hábitos muito comuns, mas bem prejudiciais.

Veja:

1. Dormir de barriga para baixo ou de lado

Estas posições fazem com que o rosto fique em contato com o travesseiro o tempo todo, assim somos expostos à bactérias e sujeiras presentes nas fronhas.

Além disso, dormir de lado tende a aumentar as rugas ou vincos mais profundos no lado do rosto, que naturalmente se formam a cada noite, segundo o dermatologista americano Joel Schlessinger.

2. Não limpar a tela do seu celular

Se um lado do seu rosto apresenta algum fungo, pode estar relacionado ao uso do seu celular.

Alzheimer – por que você nunca deve ignorar este sinal nos seus ouvidos
Esclerose múltipla: estes são os sintomas iniciais da doença

As bactérias não são realmente as vilãs das acnes, mas há outras impurezas que se acumulam no aparelho telefônico e causam muitos danos à pele.

Então, cuidado!


Procure sempre limpar a tela do celular, pois ela costuma acumular sujeira, resíduo de maquiagem e suor.

O resultado disso é a obstrução dos poros, o que acaba desencadeando acnes.

3. Mexer constantemente o rosto

Tem gente que vive esfregando os olhos, principalmente quando o cansaço vem.

Se você tem esse costume, elimine-o já!

Esse hábito pode danificar a pele na região dos olhos e acelerar o desenvolvimento de rugas.

Segundo pesquisa realizada no Brasil pelo doutor Wladimir Alonso, as pessoas chegam a tocar no rosto numa média de 3,6 vezes por hora.

O problema é que, assim como os smartphones, nossas mãos também podem transferir impurezas para a pele.

Pense direitinho em quantas coisas sujas nós pegamos (portas, sapatos, dinheiro…) e depois passamos a mão no rosto.

 

4. Usar muitos produtos para a pele

Certos produtos que são indicados para a pele contêm várias substâncias químicas muito fortes e podem estragar ainda mais o rosto.

O risco é ainda maior para quem os usa em excesso.

Colocar vários ingredientes ativos pode levar a vermelhidão, inflamação e descamação, segundo Sonia Batra, dermatologista de Santa Monica, Califórnia.

É recomendado dar um tempo entre um produto e outro.

Além disso, opte por cremes e maquiagens sem cheiro, pois são menos agressivos.

E a melhor dica de todas: sempre que possível, use alternativas naturais.

Este blog de notícias sobre tratamentos naturais não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.


Você também vai gostar: